instalar rom modificada android

Tutorial instalar sistema android modificado (rom)

Tutorial instalar sistema android modificado (rom), aprenda atualizar o sistema android para versão mais nova, ou uma versão modificada como o LineageOS.

Aprenda os segredos para trocar a ROM do seu aparelho e deixar o aparelho com o android sempre atualizado, colocar um sistema com mais recursos ou colocar um sistema minimalista para sobrar memória para aplicativos.

Como o Android é um sistema aberto, ele é distribuído e modificado por vários fabricantes, os fabricantes integram aplicativos e recursos, o problema é que muitos exageram.

Esse exagero acaba limitando muito os recursos de hardware, roms modificadas podem acabar com esses problemas e ainda adicionar recursos que realmente são necessários e valiosos.

Termos comuns sobre ROMs

Antes de explicar sobre o processo e todos os passos necessários, veja alguns termos comuns em inglês, o idioma com mais conteúdo no site xda-developers, onde são disponibilizadas a maioria das ROMs.

  • Root – Root é acesso total ao celular, você já percebeu que não consegue remover alguns apps pré instalados, ou modificar arquivos do sistema, com root tudo isso é permitido, por isso o root é tão necessário em procedimentos desse tipo, que alteram o android no aparelho.
  • ROM – O termo ROM se refere a uma versão android modificada, como é o exemplo do LineageOS, miui, existem também ROMs que são minimalistas e possuem apenas o essencial do android como é o caso da AOSP, então quando ouvir que trocou a ROM quer dizer que tem um sistema diferente do original pré-instalado pelo fabricante.
    Falando ainda sobre ROMs, existem algumas que são baseadas na versão android do fabricante, mas geralmente trazem algum recurso, como ROMs com pré-root (já vem com root).
  • Stock – Stock significa original, então quando fala em ROM stock é a ROM que veio com o celular, em outro contexto pode significar voltar as configurações originais, quando, por exemplo, fizer wipe data, outro significado possível é quando falar em android stock nesse caso pode significar um android limpo como vem instalado em celulares google.
  • Kernel – O kernel é a parte do sistema que gerencia a comunicação entre hardware e software (o software mais básico, sistema operacional), existem modificações de kernel que liberam novos recursos, como overclock, overvolt, em alguns casos recursos exclusivos como o knock look da LG, é preciso ter muito cuidado ao trocar o kernel por um modificado, pode causar danos irreparáveis ao celular.
  • Firmware – A firmware é um outro nome para ROM, geralmente o termo firmware relaciona a sistemas originais, ou seja, aqueles disponibilizados pelos fabricantes.
  • Overclock – Overclock é aumentar a frequência de funcionamento de um chip, ex: processador funciona a 1.2GHz e com overclock ele passa a funcionar a 1.5GHz, esse tipo de modificações não é possível em todos os sistemas justamente por ser perigoso, tenha cuidado ao efetuar esse procedimento.
  • Radio – Radio é parte do sistema que controla as funções do celular, como voz, 3G, 4G, Wi-Fi, GPS, também existem modificações no radio, mas a maioria é incompatível com as operadoras brasileiras e portanto deve-se evitar esse tipo de modificação.
  • Flash – Flash que dizer instalar alguma coisa no aparelho, pode ser um ROM, um kernel, recovery, um pacote de aplicativos (como o gapps), um aplicativo modificado, como câmeras melhoradas, ou o aplicativo para fazer root, no processo de flash quase sempre o arquivo a ser “flashado” é .zip.
  • Brick – Brick é quando ocorre algum erro ocorre e o celular fica inutilizável, existe o soft brick que é um erro mais simples que pode ser reparado mais facilmente e o hard brick que é um erro mais grave que muitas vezes não é possível recuperar, apenas as operadoras enviando uma nova firmware por um cabo conectado direto na placa do celular.
  • Boot loop – Alguns tipos de erros deixam o celular em boot loop, que é nada mais do que uma tentativa de boot mal sucedida que fica sendo executada infinitamente.
  • Bootloader – O bootloader é o mais baixo nível de software do celular, ou seja, o programa responsável por iniciar o sistema operacional, a maioria dos bootloaders vem travado, o que impede de colocar alguns tipos de ROMs, prefira roms que podem ser instaladas em bootloader bloqueado, a chance de hard brick é muito menor, mas se quiser desbloquear o bootloader procure no site do fabricante, a maioria dos fabricantes libera o desbloqueio desde que aceite os termos (perde a garantia).
  • Recovery – O recovery é o software que é utilizado para fazer backup, fazer flash de ROMs, e outras tarefas, como formatar partições e limpar o sistema de arquivos, semelhante ao “voltar padrões de fábrica“, o recovery padrão do android não é tão útil, o interessante é instalar um recovery com mais recursos, como o TWRP, PhilZ Touch e CWM.
  • Nandroid – Nandroid é um tipo de backup que pode ser feito pelos recoverys, ele é uma imagem do sistema exatamente como está no momento, dessa forma se ocorrer algum erro é possível restaurar o sistema exatamente como estava anteriormente, é um pouco diferente de um backup de todos os aplicativos que é mais utilizado para quando for feita uma troca de ROM.
  • Fastboot – o fastboot é um ferramente de desenvolvimento do google que faz parte do pacote SDK, que é utilizada para enviar por USB para o aparelho uma atualização do sistema operacional ou parte, como kernel, boot, aplicativos, etc…
  • ADB – ADB é uma ferramenta para debugar o android, um aplicativo em linha de comandos que se comunica com o android por USB, ele faz parte do kit de desenvolvimento do android o SDK a grande maioria dos processos para fazer root utilizar esse software.
  • GAPPS – Devido a problemas de direitos autorais, os desenvolvedores separaram os aplicativos do google do resto do sistema, na prática isso é até bom, pois facilita a atualização desses aplicativos, juntos teria que soltar uma nova versão do sistema só para atualizar algum aplicativo.
  • Dirty Flash – É quando faz um flash de ROM apenas limpando o dalvik cache, é usado quando vai apenas atualizar a ROM para uma versão mais nova.
  • Clean Flash – É um flash que limpa todos os dados da ROM, perdendo tudo, é usado quando vai fazer uma troca de ROM para outro desenvolvedor ou versão do android.

 

Considerações sobre instalar sistema modificado

É importante entender que cada marca tem um tem suas ferramentas, métodos e software para realizar os procedimentos, no plural, pois são vários processos para instalar um sistema novo.

Além disso, cada aparelho também pode ter ferramentas específicas para ele, isso depende principalmente dos desenvolvedores envolvidos no projeto de cada aparelho.

Nível de bateria

O nível de bateria é outro ponto importante, sempre realize os procedimentos com o máximo de bateria possível, de preferência 100%, nos casos de sucesso, isso não vai ajudar em nada, mas se por acaso o celular ficar com soft brick ou hard brick, muitos aparelhos nessas condições não funciona o carregamento no aparelho.

Nesse caso se a bateria estiver em 100% tem muito mais tempo para tentar recuperar o aparelho, então sempre carrega até 100% para começar o processo.

 

Seguir tutoriais corretamente

Existem algumas roms que exigem alguns passos bem particulares, siga corretamente como o autor diz.

Fique atento a ROMs que possuem métodos mais específicos, por exemplo: para instalar uma ROM é necessário estar em uma versão do android.

É comum algumas roms necessitarem android já ter instalado o android 5.0 para instalar uma rom modificada android 5,0 em cima.

Por isso é importante ler o tutorial de instalação do desenvolvedor com bastante atenção antes de iniciar a troca.

 

Procedimentos para trocar ROM

Esses são alguns procedimentos para trocar a ROM que são necessários em quase 100% dos tutoriais

– 1. Download ROM

– 2. Download do GAPPS (não é necessário em todas ROMs, verifique se o desenvolvedor diz)

– 3. Fazer root (alguns recovery é preciso de root pra instalar)

– 4. Instalar recovey

– 5. Fazer backup nandroid

– 6. Abrir recovery e fazer Wipe Data

– 7. Fazer flash da ROM

– 8. Fazer flash do Gapps

 

Downloads necessários

Download ROM

Sempre procure o site oficial do projeto para fazer o download da ROM, existem alguns sites especializados que os desenvolvedores utilizam bastante, como o AndroFileHost e o basketbuild.

Se for instalar uma ROM oficial, que possui suporte do desenvolvedor principal, o melhor é baixar diretamente do servidor oficial a última versão.

Alguns tutoriais podem conter arquivos hospedados em outros servidores, mas que já estão velhos, então procure uma versão mais nova, porém tome cuidado, é preciso ter certeza da compatibilidade.

Download GAPPS

O GAPPS é necessário principalmente na instalação de ROMs de grande desenvolvedores, como LineageOS, AICP, AOKP, Resurrection Remix, nessas ROMs muito utilizadas os DEVs separam os aplicativos do google (GAPPS) para nao sofrerem processos.

Outras ROMs de pequenos desenvolvedores, geralmente ROMs baseadas no sistema original, já vem com os aplicativos integrados por isso são muito maiores em tamanho.

É comum no tutorial da ROM tem um link para baixar o GAPPS, mas o ideal é baixar os aplicativos atualizados, recomendo utilizar o site opengapps.org, para baixar a versão correta do GAPPS é preciso saber a plataforma e a versão do android.

Plataforma é a tecnologia do processador, 90% é ARM, mas  existem alguns x86 como é o caso de muitos zenfone que usam processadores intel, para ter certeza utilize o app CPU-Z.

 

Fazer root

 

Não é necessário em todos os métodos, mas para grande maioria sim, pois é preciso ter root para instalar o próximo passo que é o recovery.

É importante lembrar que cada celular tem uma maneira própria de conseguir root, mas não é só isso, o root depende do kernel do aparelho.

Devido a essa particularidade o método root para o mesmo aparelho com um android 4.4, por exemplo, pode dar errado, pois o sistema pode ter kernel diferente.

Por isso é importante saber com detalhes a versão do android, a versão do kernel, e até mesmo o hardware, procedimento root é totalmente diferente para um S4 internacional e um S4 americano, pois eles usam hardwares diferentes.

Existem diversas formas “universais” de se conseguir root no android, nesse post falo de 7 formas de conseguir root em uma grande quantidade de aparelhos de uma forma bem simples.

 

Instalar um recovery

O recovery é parte essencial na troca de ROM, é através dele que o arquivo ZIP da ROM que baixou vai ser instalado no aparelho

Existem várias formas de instalar um recovery procure o código do seu “aparelho + revocery”, vai encontrar vários tutoriais diferentes para versões diferentes de android e/ou kernel.

Seja bem específico na busca e coloque o código do aparelho (veja código de alguns aparelhos que aceitam lineageOS), versão do android, para encontrar o método correto.

Uma das formas de instalar um recovery é via ADB, um software do google que faz parte do kit de desenvolvimento do android.

Métodos que utilizam o ADB é necessário habilitar o USB debug no menu de desenvolvedor no android, conectar o aparelho no PC via cabo USB e instalar os drivers corretamente.

 

Wipedata

O wipe data é um procedimento essencial na troca para uma nova ROM, ele é responsável por deletar os dados anteriores que podem causar conflitos com a nova ROM.

O mais comum é o wipe data ser obrigatório nos tutoriais, mas mesmo nos que não é, ele aparece como recomendado, então recomendo sempre fazer o procedimento.

Quando é feito o wipe data, todos os dados do aparelho são perdidos e o celular fica igual ao primeiro boot.

Nandroid backup é obrigatório, esse backup salva o seu aparelho quando algo da errado, através dele é restaurado todo o sistema como estava, parecido com o ponto de restauração do sistema do windows.

Drivers e o windows 8, 8.1 e 10

A partir do windows 8 a Microsoft adicionou uma proteção contra drives não certificados, o que dificulta bastante a instalação dos drives nesses sistemas.

No windows 10 ainda não encontrei uma forma de instalar os drivers, no windows 8 e 8.1 é possível mas bem complicado, e o processo é diferente nas duas versões.

Saiba como retirar a verificação de drivers assinados no windows 8 / 8. 1 / 10 para conseguir instalar os drivers do celular corretamente.

Por isso acabei utilizando o ubuntu linux em dual boot para realizar os processos, verifique se o desenvolvedor oferece suporte e tutorial em linux.

Google+

O Google + é uma ótima fonte de tutoriais e comunidades que falam sobre trocar de roms, procure a comunidade oficial da ROM que vai utilizar e participe.

No assunto android o google + contém bem mais usuários e conteúdo disponível do que o facebook, então participe do google +.

Espere alguns dias para corrigir bugs

To cuidado ao instalar ROMS feitas por outros usuários, espere pelo menos uns 2 a 3 dias para que outras pessoas instalem e testem.

Essa espera garante que a ROM esteja sem nenhum problema mais grave, e livre de Bugs mais complicados.

ROMS diretamente da LineageOS ou outros desenvolvedores (roms oficiais) geralmente são mais seguras e não é preciso esperar esses dias.

 

Lista de ROMS para utilizar

  • LineageOS (antigo Cyanogenmod)
  • crDroid
  • OmniROM
  • AospExtended
  • AICP
  • Mokee
  • BlissPop
  • ResurrectionRemix
  • Dirty Unicorns
  • Miui
  • AOKP
  • Pixel Experience
  • AospExtended

 

Dicas finais

É importante lembrar que esse tutorial não é para nenhum rom específica, é uma visão geral sobre o processo de troca de roms.

Sempre siga corretamente os processos da postagem original onde baixou a rom para não ter problemas.

Qualquer dívida, dica, sugestão, crítica sobre esse tutorial, deixe um comentário para que esse tutorial seja melhorado sempre.



Entre no Grupo do telegram